domingo, 6 de maio de 2012

Frango ao Molho Cambojano

Olá, pessoal!
Tudo bem?
De vez em quando a gente precisa lembrar que esse blog surgiu com o propósito de dar, uma vez ou outra, uma ideia de se fazer um prato bacana de forma extremamente vagabunda! rsrs
A receita de hoje é uma homenagem a esse espírito vagabundo! :)
Encontrei, aqui em Londrina, no Supermercado Viscardi da esquina da JK com a Duque de Caxias, um tal "molho cambojano" que é a base dessa receita que é tão fácil de se fazer que dá até vergonha - mas o resultado é espetacular, podem acreditar.
Nós servimos esse frango com aquele tomate recheado cuja receita já veio aqui para o blog. Ficou uma delícia a combinação.
Vamos lá!




Ingredientes:
400g de filé de frango em cubos
1 vidro de molho cambojano



Aqui, vale um esclarecimento.
Esse tal molho cambojano é fabricado na Tailândia (aliás, o resultado lembra muito alguns pratos tailandeses que eu já experimentei, e como nunca fui a um restaurante cambojano, não tenho muito como avaliar as distinções entre a gastronomia de um e de outro país); e leva abacaxi, capim limão, leite de côco, gengibre, açafrão, pimenta malagueta, sal e açúcar na composição.





Modo de Fazer:

Refogue os cubos de frango em uma frigideira ou panela anti aderente, com sal a gosto.



Eu costumo colocar um dedo de água em um copo, e colocar por cima, fechando a panela, para que o frango possa cozinhar e ficar bem macio.
Quando o frango estiver bem refogado, despeje o molho cambojano e deixe cozinhar por 10 minutos.



Depois desses 10 minutos, desligue o fogo, e o prato já estará pronto!




É muito fácil, como vocês viram, e, por incrível que pareça, fica uma delícia.
Nós servimos com arroz branco e com aqueles tomates recheados, como já dissemos lá em cima!
Se vocês considerarem que a receita é muito vagabunda mesmo, esperamos que pelo menos gostem da ideia de um prato razoavelmente sofisticado e tão simples de se fazer. Tem cara de domingo, né não? :)
Vocês estão, como sempre, convidados a comentar, sugerir, criticar e a participar. Mandem suas próprias contribuições, galerê!
Abração e inté,

Thiago "Virgulino"

Nenhum comentário:

Postar um comentário